8 de out de 2011

Love? - “Papi”, o novo de JLo, está mais para paixão desenfreada e amor a primeira vista.

jlo 1

Ao comer um biscoito enfeitiçado que fará com que ela recupere o amor de seu amado, ela acaba atraindo muitos outros homens além de seu namorado.

Descrição do clipe (por GuiAndroid)

Com um ar de Sex and the city, pois o clipe se passa na cidade Nova Iorque, Jennifer Lopez está no saguão de seu prédio pegando sua correspondência, como parece fazer todo os dias. Então ela devora o biscoito em questão de segundos (uma sutil falha de continuidade do clipe), e ao sair de lá os homens na rua começam a disputá-la, pegam flores, saltam por vidraças, quando menos se espera um exército de homens loucos de amores por JLo a persegue; é interessante perceber que durante metade do tempo em que os homens estão atrás dela, ela mal percebe e continua a andar nas ruas de Nova Iorque feito uma Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker).

Carrie JLo então percebe o exército de homens correndo desenfreadamente atrás dela e passa a correr também assustada com o que está acontecendo. Desta parte para frente começa uma coreografia muito criativa que dá um UP no videoclipe e faz dele ainda mais dançante. Como a música, assim como todo o álbum é feito para baladas, é impossível ficar parado, principalmente quando a coreografia começa. Você logo quer aprender a fazer aquela ''dancinha'' louca também.

Opinião

 GuiAndroid

Papi demonstra-se como uma evolução do trabalho de JLo, que em I'm Into You deixou um pouco a desejar. Fiquei procurando a Lil Wayne até o final do clipe, logo depois eles lançaram uma versão do clipe com a Lil W. que acabou por ser melhor que a versão da JLo.

Papi vem para ser a nova batida das casas noturnas do mundo todo, como uma canção indutora a sedução, movimentos sensuais e acima de tudo uma melodia muito satisfatória que te faz querer cantar, ouvir, aprender a letra e imitar os vocais exóticos de Jennifer Lopez.

Estaria Jennifer Lopez tentando um albúm com singles universais? On the floor se passa em LA., I'm into you no México, Papi em NYC, onde se passará o próximo clipe? Talvez em alguma cidade que esteja apta o bastante para toda a energia de JLo.

Caio Coletti

Papi foi uma surpresa pra mim. A persona carismática e as habilidades de dança de JLo não são novidade pra ninguém, mas esse terceiro videoclipe do álbum Love? fez algo que nenhum dos dois anteriores (On The Floor e I’m Into You) conseguiram fazer: me fez querer ouvir o álbum todo.

Culpa da direção versátil, mas sempre equilibrada e divertida de Paul Hunter (responsável por vídeos díspares como My Love de Justin Timberlake e Take it Off da Ke$ha), culpa da coreografia brilhante, culpa do refrão que contagia muito mais, com sua batida pulsante, do que a house music barata de On The Floor.

O Papi que eu vi foi um clipe bem-produzido, divertido, no qual JLo parece muito mais confortável na sua própria pele do que nos singles anteriores. No final das contas, é essa espontaneidade que conta: e não alguma camuflagem que faça o artista passar por algo que ele não deseja ser.

jlo 2 jlo 3

Now all my super-ladies/ I got my baby/ If you got your baby, baby…

Move your body, move your body/ Dance for your papi/ Rock your body, rock your body/ Dance for your papi”

(Jennifer Lopez em “Papi”)

1 comentários:

Talita disse...

Nossa, eu amei o clipe! Não tinha visto ainda, mas deu uma vontade louca de sair dançando!
E vocês acertaram em cheio na crítica, ameeei tudo!
Parabéns, beijos!