12 de abr de 2012

Antes que eu morra (o que é importante pra você?), por Candy Chang.

Before-I-Die-04-pirate

por Bete Watanabe
(TwitterTumblr)

Esse monte de rabiscos feitos de giz é um projeto de arte pública criado pela artista Candy Chang, que transformou a parede de uma casa abandonada em Nova Orleans em uma enorme lousa com “espaços” para as pessoas de passagem com seus sonhos a alcançar antes de morrer. Pode parecer algo fútil, de pouca importância, mas é um projeto tocante, que representa a esperança de muitos, não só da criadora, mas de todos os “co-artistas” que revelam seus sonhos, como por exemplo, o de uma mãe que deseja reencontrar seu filho antes de morrer. Periodicamente (quando o espaço acaba), a “lousa” é apagada, para que outros sonhos possam ser revelados ao mundo.

Mas o fato que quero comentar não é este. E sim o fato de os sonhos, hoje em dia, morrerem tão facilmente. Não que ninguém deixe de seguir seus sonhos, mas que eles acabam sendo ofuscados pelo senso comum de que se deve viver (e estudar) para se cursar uma faculdade boa e, mais tarde, ter um emprego que lhe pague bem. Mas será que qualquer dinheiro no mundo compensa um sonho abandonado? E, nesta linha de pensamento, veio a minha mente a famosa frase de Confúcio (se não me engano): “Trabalhe em algo que você realmente goste, e você nunca precisará trabalhar na vida". Então faço uma proposta para todos (e para mim mesma) para que não abandonemos nossos sonhos a troco de uma carreira bem sucedida, a menos que seu sonho seja ser rico independente dos meios. E não apenas sonhem, mas corram atrás, o mais cedo possível, daquilo que realmente querem.

Before I die (what is important to you) - Galeria

Before-I-Die-13-responses

Aproveitando meu espaço aqui (e não muito bem obedecendo minha descrição sobre a “cultura indie”), apresento-lhes,para quem curte um Grunge/Pop Rock, uma banda criada em setembro do ano passado e não muito conhecida: Falling Girl. E aqui vai a página deles no Facebook.

Bete Watanabe escreve todo dia 13.

0 comentários: