26 de abr de 2012

Vamos sentir sua falta, New Directions.

image

por GuiAndroid
(TwitterTumblr)

Há três anos, nós conhecemos o elenco da que viria a se tornar uma das - ou talvez A maior - série musical já produzida, e que agora nos diz adeus. Uma série com temas polêmicos e muita criatividade a cada novo episódio, sempre tentando mostrar como conviver com as diferenças e como superá-las.

Mr. Schuester, Rachel, Finn, Quinn, Kurt, Blaine, Mercedez, Santana, Brittany, Tina, Mike, Artie, Puck & Sam. Esses são os nomes dos personagens que preencheram cada capítulo da série com seus dramas sociais e psicológicos. Juntamente com a proposta do diretor Ryan Murphy, encontramos um pedacinho de nós em cada um deles. Desde ser alguém e fazer seu talento ser reconhecido, até aceitar a si próprio (seja fisicamente ou sexualmente).

Com o fim desta terceira temporada da série, o elenco irá se renovar, os nossos grandes companheiros das noites repletas de músicas que tocaram nossos corações, que agitaram nossos pés ou que derramaram nossas lágrimas, infelizmente darão lugar a um novo elenco.

Sentiremos falta do romance complicadamente clássico de Rachel e Finn, da língua afiada de Santana e de seu namoro com a inocente Brittany, sentiremos mais saudade ainda dos solos de Mercedez, do amor de corredor de Kurt e Blaine, sentiremos saudade da conturbada e incrivelmente talentosa Quinn, falta até dos movimentos fluidos de Mike, de Tina cantando ABC do Michael Jackson, sentiremos falta de todos.

Pois com Glee nós (fãs) crescemos com o elenco, nos aperfeiçoamos, mudamos nossas maneiras de pensar, melhoramos nosso gosto musical. E pessoalmente, as noites e tardes que passei vendo Glee são memórias que faço questão de guardar com um dos melhores momentos da minha vida, momentos onde me senti parte de algo de importante, onde me senti especial por menor que fosse o motivo, me senti como se alguém do outro lado soubesse como eu me sinto e soubesse exatamente como me ajudar a superar isso, sem que eu tenha que ao menos falar sobre. Me senti “Um perdedor como eles” como diz a música Loser Like Me.

Graças ao New Directions, nós jamais “deixaremos de acreditar” em nossos sonhos e “continuaremos aguentando firme”. Obrigado, New Directions!

0 comentários: