18 de mai de 2012

A arte da litografia.

por iJunior
(TwitterTumblr)

Hoje irei apresentar para quem ainda não conhece uma forma de arte quase extinta, porém que foi muito usada no passado, a litografia. Lito (do grego “pedra”) é uma gravura, que envolve diversos processos complexos químicos e físicos em uma pedra, que será usada para produzir copias do que foi gravado nela, assim como um clichê. Atualmente a pedra usada não é tão fácil de ser encontrada e esse tipo de gravura já foi superado por vários outros ao longo do tempo.

Em 2012 fui a uma exposição no Caixa Cultural (Sé-SP), onde estavam expostas obras do artista Guilherme de Faria, e pude ver o próprio descrevendo suas obras, estas em que sempre se nota uma figura feminina. Ele as justifica dizendo que são sua Psiquê (a parte feminina de todos nós) ou a figura de sua mãe, mesmo com o nu, representado quase sempre de costas. O artista abusa da arte nos cabelos e consegue criar ótimas composições usando pouquíssimas cores, já que a litografia funciona como um carimbo.

Quem se interessar por este tipo de gravura pode pesquisar sobre, as informações são facilmente encontradas na internet, inclusive do processo de criação da pedra.

Algumas das obras do artista Guilherme de Faria:

 

 

 

 

 

 

 

IJunior escreve coluna de arte aos dias 17, e de opinião aos primeiros dias do mês.

0 comentários: