8 de jul de 2012

A TV agora é na Web.

Web Therapy banner

por Rubens Rodrigues
(Twitter)

Quem está acostumado como o jeito tradicional de fazer TV vai estranhar, mas a geração Y, ou a geração dos blogs, esta que nós estamos inseridos, gosta mesmo é de conhecer coisas novas. Nos últimos anos um formato diferente de produzir TV está chamando atenção dos grandes: a web série.

Já imaginou uma série de TV que, ao invés de passar um episódio de 40 minutos por semana sempre naquele mesmo horário, disponibiliza episódios com menos de 10 minutos online pra você ver quando e onde quiser? Isso já é realidade. Nomes conhecidos da TV americana como Jerry Seinfeld (o Seinfeld!), Kiefer Sutherland (24 Horas) e até o cineasta Bryan Singer (da trilogia X-Men) apostaram alto no formato.

O melhor exemplo para apresentar é o de Lisa Kudrow, que descobriu o sucesso na icônica Friends - considerada pela crítica como uma das melhores comédias já feitas. Em 2008, Kudrow lançou a web série Web Therapy, na qual interpreta Fiona Wallice, uma terapeuta nada profissional que grava suas sessões para postar na web. A ideia pegou, e depois de três temporadas online o projeto foi comprado pelo canal de TV a cabo Showtime, onde ganhou uma versão com episódios de meia-hora misturando o enredo já existente com cenas inéditas.

O interessante é que Web Therapy se mostrou uma produção competente, consolidando-se nas duas mídias. A série teve a participação de vários nomes conhecidos dos fãs de séries, como a ex-colega de Friends Courteney Cox, Jane Lynch (Glee), Alan Cumming (The Good Wife), Julia Louis-Dreyfus (Seinfeld, Veep), além da diva do cinema Meryl Streep (A Dama de Ferro, Dúvida) e a cantora Natasha Bedingfield.

Não era de se espantar que o formato ganhasse novos títulos. Kiefer Sutherland, o eterno Jack Bauer, criou The Confession em 2011, definida como uma história de redenção que explora o bem e mal. No mesmo ano, o site Cambio.com em parceria com o Facebook, lançou Aim High, produzida por McG (The OC, Supernatural). A trama consiste em um adolescente que é agente secreto da CIA, mas o diferencial mesmo era outro. Assistindo a série pela rede social você poderia personalizar os episódios com informações do seu próprio perfil. Isso que é interação com o público!

Neste ano, dois projetos prometem chamar atenção. O primeiro deles é Comedians in Cars Getting Coffe, do genial Jerry Seinfeld, que terá outros grandes comediantes como convidados em um papo descontraído sobre o dia a dia. Você pode assistir o teaser trailer clicando aqui. O outro, mais ambicioso, é H+ The Digital Series, uma produção de Bryan Singer. H+ vai se passar em um ambiente pós-apocalíptico, onde um terço da população mundial morreu em consequência de um vírus misterioso. A série que terá um episódio inédito toda quarta-feira estreia hoje (08), e você pode acessar este canal no YouTube para assistir.

Além desses exemplos, séries de TV tradicionais já se arriscaram em produzir seus próprios “webisódios”. Quer saber quais? A Drop of True Blood, derivada da produção da HBO True Blood; Ghostfacers, a web série de Supernatural; e Torn Apart do hit The Walking Dead.

Jerry Seinfeld

Rubens Rodrigues escreve todo dia 08.

0 comentários: