8 de ago de 2012

Você precisa conhecer: Jessie & The Toy Boys.

156395_10150110887451276_8132119_n

por Caio Coletti
(TwitterTumblr)

“Uma grande canção, para mim, é aquela que fica na sua mente por muito tempo depois de você ouvi-la pela primeira vez. O que eu estou tentando realizar é música pegajosa, mas esperta. Parte disso é combinar elementos de diferentes gêneros de formas que o ouvinte pode não imaginar que funcionem juntos à primeira vista”. Com essas palavras, a americana Jessie Malakouti, que adotou em 2009 o nome Jessie & The Toy Boys (seus companheiros de “banda” são quatro manequins de loja), mostra que entende do jogo em que está tentando entrar.

O projeto lançou ontem (dia 07) o videoclipe para “On With My Bad Self”, uma deliciosa peça de trangressão de estereótipos que recompensa quem passar bem pelos visuais anos 50 (que estão na moda, diga-se de passagem) e a elaboração estética que lembra Gwen Stefani. É em torno dos 2 minutos passados de vídeo que Jessie mostra a que veio, enquanto a canção, um saboroso misto de synthpop e hip hop, dá um bom gostinho do que vai ser o primeiro álbum do Jessie & The Toy Boys, This is How Rumors Start, ainda sem data de estreia. No canal VEVO do grupo, no entanto, é possível assistir uma série em 5 capítulos fantasiando a ascenção de Jessie ao estrelato (veja os vídeos aqui).

“Push It” foi o primeiro single do Jessie & The Toy Boys. Lançado no começo do ano passado, a canção calcada no synthpop, com a participação do rapper Yelawolf e clipe que já apresentava a visão colorida e sutilmente trangressora de Jessie, abriu caminho para o primeiro EP do projeto, intitulado Show Me Your Tan Lines (“Mostre-me suas marcas de bronzeamento”, em tradução livre), que incluiu a ótima "Money Makes The Girl Go Round". Fora do EP, ainda foi lançado o single solto “Let’s Get Naughty”.  Mas não é de hoje que Jessie vem se infiltrando no cenário pop.

O primeiro passo de Malakouti no cenário musical foi o Shut Up Stella, trio que contava com Jessie e mais duas garotas, uma mistura de rock e hip hop que fez modesto sucesso entre 2006 e 2008 (ouça a ótima “On My Bed”). Com a separação de grupo, Malakouti engatou breve carreira com seu nome de batismo, cujo grande destaque foi "Trash Me", canção da qual Britney Spears virtualmente colou a harmonia e a estrutura de seu polêmico hit “If U Seek Amy”.

0 comentários: