4 de set de 2012

Dedos anulares, alianças e o namoro de um super homem com uma mulher maravilhosa.

alinaças

por Marlon Rosa
(Beco 203)

Recentemente, quatro pequenas descobertas afetaram profundamente o meu mundo: a primeira é que o nome certo do quarto dedo de nossas mãos é na verdade anular, e não anelar como muitos acreditam. Consequentemente, descobri as possíveis razões pela qual a aliança é usada nesse mesmo dedo, ao invés dos outros quatro. A terceira descoberta foi o fato do casamento da [SPOILER] X-Woman Tempestade com o Rei de Wakanda, Pantera Negra, possivelmente chegando a um fim após a conclusão da saga Vingadores vs. X-Men; [/SPOLER] por último, mas não menos importante, aconteceu um recente anúncio do mais novo casal das Histórias em Quadrinhos, os clássicos Superman e Mulher-Maravilha.

Você, que como eu, não tinha noção alguma de que o dedo anular era poser e se escondia sob a alcunha de anelar, pode avançar para o próximo tópico - a razão pela qual as alianças são colocadas nesses mesmos dedos em enlaces matrimoniais de algumas religiões.

Uma das explicações mais comuns vem da China, e diz que cada dedo da mão representa um membro importante das nossas famílias: os dedos polegares representam os pais, os indicadores seus irmãos, os médios dizem respeito a nós mesmos, o anular ao seu companheiro(a) e por fim os dedos mínimos, que simbolizam seus filhos.

Funciona da seguinte forma:

◘ Com exceção dos dedos médios que devem dobrar para baixo pois dizem respeito a você, una a ponta de todos os outros dedos restantes e de início tente separar os polegares. Note que eles desgrudam um do outro, pois os pais não estão destinados a viver com você até o dia de sua morte;

◘ Posteriormente, tente separar os dedos indicadores e notará que também se abrem, afinal os irmãos tem destinos diferentes como casar e ter filhos, e também se vão;

◘ O próximo passo é tentar separar da mesma forma os dedos mindinhos. Também se abrem porque seus filhos crescem e quando já não precisam mais de você, saem de casa e só voltam pra lavar a roupa suja acumulada e/ou comer o arroz da mãe;

◘ Por fim, trate de separar seus dedos anulares. Não dá né? Nem fazendo força. Pois é, de acordo com a explicação chinesa, isso se deve ao fato de um casal estar destinado a ficar junto até o último dia de suas vidas. Embora isso não aconteça com tanta frequência hoje em dia, é por isso que o anel de aliança é usado neste dedo.

A segunda explicação é bem mais simples, e vem da Roma, onde acreditava-se que no dedo anular da mão direita há uma veia que liga direto ao coração, logo a aliança serve como um ímã que atrairia o coração dos amantes daquele momento em diante.

Profecias, crenças e culturas à parte, o que importa de fato é que grande parte da sociedade atual parece ter esquecido do significado do casamento, encaram como se fosse um namoro onde quando um enjoa do outro basta se divorciar, trair, e dizer que "não dá mais", parece que a maioria das pessoas aprenderam a amar e esqueceram de conviver. Se me permitem a comparação, nos quadrinhos os motivos são bem mais apocalípticos, afinal, não é o comodismo que leva ao término de um relacionamento. A TPM feminina nas HQs vem em forma de vilão, munido de planos mirabolantes, ameaças de morte e aniquilação do mundo. O "eu amo outra pessoa" é provavelmente controle mental de alguma organização secreta que deseja destruir o mundo.

image

As HQs sempre foram e serão um reflexo da nossa sociedade. Nelas, casais também brigam, se separam, voltam, se amam loucamente e brigam de novo, algumas relações são fortes e duradouras, tão duradouras que não há super-vilão que dê jeito, como a de Susan Storm e Reed Richards do Quarteto Fantástico, já outras, basta uma noite de sexo ruim pra cada um seguir seu caminho, vide Fanático (Juggernaut) e a Mulher-Hulk.

Hora ou outra essas relações tumultuosas acabam em casamentos grandiosos, com direito a cerimônia africana e super-heróis dando uma trégua na guerra só para ver e celebrar a união de dois pombinhos.

Mas, no fim, os redatores teimam em destruir a relação, enquanto na vida real já foi dito que mais de 50% dos casamentos terminam em divórcio, nos quadrinhos essa taxa é ainda maior. Apesar do rapper Criolo acreditar que não exista amor em SP, ele poderia facilmente concordar que na verdade, não existe amor nas HQs. A história dessa cena linda aí em cima, que mostra o casamento da Tempestade e do Pantera Negra, termina assim:

imageTradução: “Você sabe que eu teria lutado do seu lado se soubesse que isso iria acontecer. Eu só fiquei com os X-Men para tentar e impedir algo assim de acontecer de novo” – “Você agora é livre para ficar com os X-Men por quanto tempo quiser, Ororo. Nosso casamento foi anulado pelo alto-sacerdote do clã Pantera. Você não é mais minha esposa” – “O alto-sacerdote do clã Pantera? Mas… você é o alto-sacertdote” – “Por favor não venha aqui novamente” 

Apesar de uma constante estar destinada a permanecer imutável, e a maioria ditar o funcionamento do mundo vivido pela minoria, eu teimo em acreditar que o amor ainda existe, tanto nas HQs como na vida real. O casal do Quarteto Fantástico está aí pra provar isso, vários casais sexagenários estão aí pra provar isso, ainda há esperança!

Os paparazzi do mundo dos heróis agora miram os flashs de suas câmeras para o casal formado por outros dois personagens, que além de fantásticos são 'SUPER': Mulher-Maravilha e Superman.

Não sei se todos sabem, mas depois do recente reboot da DC Comics, que apagou a história e o passado da maioria dos personagens, nesse novo universo nunca existiu 'Lois Lane ♥ Clark Kent'. Com isso em mente, qual a chance de sucesso desse casal dar certo? Bom, parece promissora de acordo com Geoff Johns, diretor criativo da editora, que prometeu que desta vez isso não será apenas um caso de uma noite: "A relação terá impacto sísmico em todos os heróis e vilões do Universo DC".

A minha aposta é a de que eles viverão na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que um vilão os separe! E a sua, qual é?

image

Marlon Rosa escreve todo dia 04.

0 comentários: