13 de out de 2012

“I Kissed a Girl” e isso foi um sonho.

katy

por Fernanda Martins
(TwitterTumblr)

2007 foi um ano contemplador para a cantora pop Katy Perry. Ela conseguiu seu respeito como artista quando lançou “Ur So Gay” e, neste mesmo ano, “I Kissed a Girl”, música a qual foi a maior polêmica que a cantora produziu no ramo artístico até hoje. A música foi lançada há cinco anos e, eu posso dizer que todos, ao escutá-la, realmente acham que ela beijou uma garota, gostou disso e foi fazer uma música. Mas não foi exatamente assim.

Dezoito meses antes da Katy Perry lançar “I Kissed a Girl”, ela havia sonhado com um beijo lésbico. Em sua biografia Katy Perry - A Vida da Nova Rainha do Pop a polêmica desta música é contada. Ela sonhou que havia beijado uma garota e logo quando acordou, o refrão da música ‘’I kissed a girl and i liked it’’ era cantado por ela, inconscientemente. A música nasceu, literalmente, com um sonho; uma inspiração.

Quando a música foi lançada, em 2007, muitas pessoas conservadoras, que acompanhavam a vida da cantora quando ela ainda era do ramo da música gospel – conhecida como Kate Hudson – criticaram a maneira sem pudor que ela estava revelando a partir de suas músicas, desde “Ur So Gay”. Muitas pessoas disseram que o lançamento da música nada mais era do que marketing para ganhar dinheiro e atingir um público grande do pop, o público LGBT.

A verdade de toda essa polêmica que veio amarrada junto ao lançamento de “I Kissed a Girl” é que, não, Katy Perry não é bissexual e muito menos lésbica, como muitos dizem por aí. A música não foi lançada como apenas marketing, pois em sua pré-adolescência ela era fissurada por uma garota de sua escola, fazia tudo o que ela fazia, amava suas roupas, como é possível perceber em um trecho de sua biografia: "Eu fazia tudo o que ela fazia. Não conseguia acreditar que uma pessoa pudesse ser tão delicada e suave e bonita. Ela nem sequer tinha de se esforçar para isso. Acordava pela manhã e era resplandecente. Uma pequena Bambi. Ela estava sempre na minha cabeça como aquela beleza icônica." Em sua biografia, também, ela conta que a primeira pessoa por quem ela se apaixonou na vida foi por uma menina.

“I Kissed a Girl” veio para mostrar a delicadeza da mulher, como algo que deve ser apreciado, deixando de lado o fator erótico e evidenciando a beleza natural. Katy Perry foi muito criticada por essa música e a consideram uma “poser’’ por não ser, sequer, bissexual e cantar que beijou uma garota. Mas, o que poucos sabem é que entre uma brincadeira ou outra, na casa de suas amigas, ela, sim, beijou uma garota e realmente gostou disso.

1 comentários:

Anônimo disse...

Gostei do post, tratou de um tema curioso.