25 de nov de 2012

AV #17: As novidades que não podem passar em branco.

77821_371322059616185_1647052659_o

Nem venha ralhar: Sandy é uma das melhores coisas do pop brasileiro. “Aquela dos 30”, primeiro single retirado do EP Princípios Meios e Fins, sucessor do álbum de estreia Manuscrito na carreira solo da cantora, é provavelmente a melhor canção pop a surgir no cenário nacional desde… bom, desde "Pés Cansados". Contando com participação de gente como Fernanda Paes Leme e do pai, Xororó, o clipe é uma saborosa reflexão sobre a passagem do tempo – assim como a brilhante letra.

O Anagrama realmente espera que um dia o duo sueco Icona Pop decole. Depois do excelente EP Nights Like This (do qual saíram os singles "Nights Like This" e "Manners"), as duas moças lançaram o delicioso single "I Love It" em parceria com outro dos nomes mais proeminentes (e pelo qual mais torcemos) no cenário do novo pop: Charli XCX. Agora é a vez de “We Got The World”, mais uma bomba eletrônica que se torna automaticamente uma das melhores canções para pista de dança do ano.

Dois anos depois de ser o menino cantando "Paparazzi" no piano que acabou no programa de Ellen DeGeneres, Greyson Chance vai entrando na segunda fase da sua carreira aos 15 anos. Depois do brilhante álbum de estreia, Hold On Til The Night – que rendeu os singles "Waiting Outside the Lines", "Unfriend You" e a faixa-título –, ele lança o EP Truth Be Told: Part 1. O estilo não mudou muito, mas a voz de Greyson está mais delicadamente modulada do que na primeira fase.

Álbum do momento:

 Unapologetic (Rihanna)

Quarto álbum novo em quatro Novembros da carreira da barbadiana, Unapologetic, surpreendentemente, quebra o ciclo de lançamentos cada vez mais visivelmente forçados e apressados da cantora. Este soa como um álbum genuinamente pensado, no sentido lírico e no sonoro. A abertura é com a surpreendente mistura de "Fresh Out The Runway", um hip hop produzido por… David Guetta. Ele reaparece na clichê-porém-eficiente (e dessa vez mais dance) "Right Now", uma canção estranha no ninho de pequenas ousadias como "Jump" e, claro, a polêmica dupla "Nobody's Business" (feat. Chris Brown e sampleano Michael Jackson!) e "Love Without Tragedy/Mother Mary", canção duas-em-uma que completa ao díptico “há perdão, mas a confiança nunca é a mesma”. E quem somos nós para julgá-la, não?

Próximos lançamentos:

◘ 26/11 – Right Place Right Time (Olly Murs) – Ouça: "Troublemaker"

◘ 27/11 – Girl on Fire (Alicia Keys) – Ouça: "Girl on Fire".

◘ 04/12 – Warrior (Ke$ha) – Ouça: "Die Young"

Notas de rodapé:

◘ Ke$ha lançou versão acústica para o single “Die Young”. A faixa faz parte de um EP com cinco versões sem elementos eletrônicos que virá junto com um pacote deluxe do Warrior.

◘ Jason Mraz escolheu "93 Million Miles" como single, e lançou clipe para a canção, uma das mais belas do Love is a Four Letter Word, álbum do semestre passado.

0 comentários: