18 de jan de 2013

Review: 30 Rock, 07x10 – Florida

30-Rock-Florida

por Caio Coletti
(TwitterTumblr)

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

Por Deus, eu vou sentir falta de 30 Rock! Os leitores que me perdoem a incursão pessoal, mas é impossível manter-me neutro quando uma série que faz parte da minha vida há sete longos anos está chegando ao final. E, especialmente, a um final com data marcada: 31 de Janeiro próximo, depois do 11º episódio (a ser exibido dia 24), 30 Rock vai ter um especial de uma hora para concluir a jornada de seus personagens. Aguardem meu review emocionado para o dia 1º de Fevereiro, porque se esse antepenúltimo episódio já está despertando nostalgias em mim, que alguém me segure para o series finale.

“Florida” é precioso e saboroso porque segue com a qualidade impecável de piadas que a série tem mantido nessa última temporada, e ainda tem tempo de manipular um aspecto da trama que mexe com os personagens de uma forma que os faz confrontar decisões tomadas nesses sete anos. Liz (Tina Fey), após receber um sermão de Tracy (Tracy Morgan) sobre aproveitar a vida e ser espontâneo, resolve aceitar a proposta de Jack (Alec Baldwin) para ir até a Flórida, onde sua mãe Colleen morava, e receber as poucas coisas delegadas a ele no testamento. De uma forma hilária que apenas 30 Rock conseguiria pensar, a viagem acaba obrigando os dois a dormirem em uma mesma cama, e Liz a contestar porque nada nunca aconteceu entre os dois, em uma cena tão hilária quanto doce para os fãs da série.

Mais precioso ainda é o fato de que 30 Rock não fazer de “Florida” O EPISÓDIO em que Jack e Liz finalmente ficam juntos, e sim um episódio em que, analisando o fato de nunca terem ficado juntos, ambos descobrem algo sobre si mesmos. Liz chega a conclusão que a espontaneidade não é para ela (depois de ir para o Harry Potter World no parque da Universal sem um mapa e acabar presa), e Jack, ao constatar que sua mãe vivia feliz na Flórida em seus últimos dias (tendo um romance com a empregada, algo que Jack tem extrema dificuldade em aceitar, com efeitos hilários), descobre que ele mesmo não o é. Pode ser que esse seja o caminho para que os dois fiquem juntos no final, e pode ser que não, mas o que “Florida” aponta é que esses personagens vão precisar sair de suas áreas de conforto no final de suas jornadas. O que só prova 30 Rock, mais do que nunca, como uma das séries mais brilhantemente escritas da TV americana.

Essa é uma série que ainda tem muitas surpresas para nos dar. O penúltimo episódio, na semana que vem, traz o último TGS que irá ao ar (após uma deliciosa e adequada trama envolvendo Kenneth contando todas impropriedades praticadas no programa para um advogado). Preparem os risos… e as lágrimas.

***** (5/5)

florida00

Próximo 30 Rock: 07x11 (24/01)

0 comentários: