9 de jan de 2013

Review: The New Normal, 01x12 – The Goldie Rush

The-New-Normal-Episode-13-The-Goldie-Rush-7-550x366

por Caio Coletti
(TwitterTumblr)

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

The New Normal é Glee em voltagem baixa (e sem números musicais – na maioria dos episódios). O fato de que essa série tem se dado muito melhor do que o (ex-)fenômeno adolescente em termos de qualidade mostra o quanto Glee seria beneficiado, justamente, por uma pequena queda de voltagem. Ainda é possível ver que essa é uma série de Ryan Murphy: os voice-overs, a acomodação dos personagens em estereótipos (e a insistência em moldá-los ao bel prazer do roteirista, aliás), o próprio ideário que gira em torno do direito universal de cada indivíduo ser, justamente, individual em suas escolhas e estilos de vida. Eu preciso admitir que tenho um fraco para esse idealismo (eu ainda vejo Glee), mas The New Normal o mostra de forma tão natural que é difícil não se envolver.

“The Goldie Rush”, primeiro episódio após o holiday break (e 12ª entrada da temporada de estreia do programa) precisa ser concedido um grande mérito: lida muito bem com as storylines que propõe, e com os personagens envolvidos nelas. Em primeiro plano, David (Justin Bartha) e Bryan (Andrew Rannells) se dão conta de que nunca fizeram um planejamento familiar devido. O detalhe é que eles não se lembram de perguntar à Goldie (Georgia King), barriga-de-aluguel para esse seu primeiro bebê, se ela tem planos que se colocariam no caminho da possibilidade dela carregar os outros dois desejados pelo casal. A verdade é que a moça (em uma trama paralela que eu, pessoalmente, estou amando há alguns episódios) quer fazer nome com uma marca de roupas costuradas por ela mesma. Introduzir um ex de Bryan, interpretado por Matt Bomer (White Collar), que procura ele mesmo por uma barriga-de-aluguel e se encanta por Goldie, é uma jogada esperta do roteirista (pela quarta vez na temporada) e criador Ryan Murphy para testar a unidade da “família não-convencional”, conceito que está no coração da série.

A storyline secundária (e minha preferida pessoal) envolve Shania (Bebe Wood), filha de Goldie, tendo que lidar com três garotas que vem a incomodando na escola com insultos. Embora Rocky (NeNe Leakes) e Jane (Elles Barkin, uma das melhores coisas dessa série) a ensinem a combater fogo com fogo, o que a menina inicialmente faz com efeitos cômicos brilhantes (não me faça começar a falar da cena das drag queens), Murphy aplica uma doce e típica virada dos eventos. Uma coisa que provavelmente não funcionaria em Glee, porque seria justificada com uma canção mal-escolhida ou um comportamento totalmente atípico de algum personagem, mas se encaixa perfeitamente aqui, no clima sereno e stylish da série, e na construção da persona adorável de Shania.

The New Normal é uma série que, se não se perder da forma que Glee se perdeu, pode render ainda muitos momentos doces e encantadores (e algumas boas risadas). Eu, particularmente, estou na torcida.

**** (3,5/5) The-New-Normal-Episode-13-The-Goldie-Rush-2-550x366

Próximo “The New Normal”: 01x13 – Stay At-Home Dad (15/01)

0 comentários: