16 de jan de 2013

Review: The New Normal, 01x13 – Stay-at-Home-Dad

60168728

por Caio Coletti
(TwitterTumblr)

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

Nas minhas andanças pelo mundo dos reviews de televisão, encontrei um texto do crítico Todd VanDerWerff sobre o episódio “Extraordinary Merry Christmas”, de meados da terceira temporada de Glee, que dizia o seguinte: “(Glee é) uma série que não sabe mais o que fazer para ser tocante, a não ser insistir para os espectadores que o está sendo”. Embora a frase um tanto dura não se aplique a todos os momentos da série mais célebre criada por Ryan Murphy, assistir The New Normal é uma lembrança constante do quanto mais envolvente e mais relevante Glee já foi. E “Stay-at-Home-Dad” é mais uma prova de que a série ainda está no topo de seu jogo.

O episódio anterior, “Goldie Rush”, foi excelente, é verdade, e há algumas falhas de personagem aqui. Incomoda-me particularmente o retrato de Shania (Bebe Wood), que sempre foi caracterizada como uma garota inteligente até demais para a idade, como uma menina mimada e com tendências maléficas (ainda que não-intencionais). No entanto, essa é uma série de Ryan Murphy, onde os personagens, via de regra, moldam-se em função do plot, e não o contrário. E aqui a trama exige que Shania seja uma criança difícil de agradar, uma vez que David (Justin Bartha) e Bryan (Andrew Rannells) decidem cuidar da menina por uma semana enquanto Goldie (Georgia King) ganha descanso em um spa para grávidas. Tudo para decidir quem dos dois deixará o trabalho para cuidar do filho do casal, quando ele chegar.

Este é um episódio sem Ellen Barkin, a avó de Shania. E o fato de que a ausência de uma das personagens mais brilhantes da série não me incomodou como espectador é prova de que Ali Adler fez um bom trabalho no roteiro. Co-criadora da série ao lado de Murphy, Adler leva seu quarto crédito de roteiro na série e passeia com folga na linha entre a agilidade e o frenesi (algo que Glee, aliás, não tem feito muito bem), encontrando pelo caminho tanto boas piadas quanto um final realmente tocante. Destaque para o subplot envolvendo Rocky (Nene Leakes), outra preciosidade dessa série, tendo a oportunidade de realizar o sonho de trabalhar como produtora enquanto Bryan está fazendo a experiência doméstica.

The New Normal mantem o desenvolvimento dos arcos de personagens caminhando, e tem alguns tropeços pelo caminho, mas com certeza ainda sabe como ser genuinamente tocante (e genuinamente engraçada).

**** (4/5)

The-New-Normal-Episode-14-Stay-at-Home-Dad-8-550x366

Próximo The New Normal: 01x14 – Gaydar (22/01)

0 comentários: