22 de fev de 2013

Review: Person of Interest, 02x16 – Relevance

Person-of-Interest-Season-2-Episode-16-Relevance-3-640x350

por Caio Coletti
(TwitterTumblr)

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

Jonathan Nolan nunca descuidou de Person of Interest. Uma parte do sucesso e da implacável consistência e inventividade da série deve ser com certeza creditada ao irmão menos famoso – e constante parceiro de roteiro – do diretor de O Cavaleiro das Trevas. Além do crédito permanente como criador da premissa da trama (o que já é bastante mérito, diga-se de passagem), Nolan escreveu diretamente quatro episódios: os dois primeiros da série e os que marcaram a passagem da primeira para a segunda temporada, com a trama de Finch sendo sequestrado pela rival Root. “Relevance” é a quinta investida direta do moço na série, e a estreia dele na direção. Não a toa, é também uma das melhores tramas de Person nessa segunda fase.

Nolan surpreende por trás das câmeras. Ele mostra segurança na hora de fazer tomadas com enquadramentos ousados, conduz a trama complexa sem confundir o espectador e sabe se mover pelo mundo que ele criou, trazendo personagens de volta e mexendo as peças com os usuais de forma que Person parece muito mais cool do que às vezes pode ser. A trama pela primeira vez não é protagonizada por Mr. Finch e Mr. Reese, e sim Sam Shaw (Sarah Shahi), agente de um programa secreto do governo que, fica claro no final da tensa cena de abertura, usa a máquina criada por Finch para o seu propósito inicial: parar terroristas. Acontece que o parceiro de Shaw vem fazendo perguntas por demais inconvenientes sobre a procedência e precisão dos números, e logo o chefe da dupla os monta uma armadilha para que eles sejam eliminados. A moça escapa, mas o parceiro não. E fica claro que ela quer vingança e a verdade.

A trama pode parecer clichê, mas inverte as expectativas de um episódio de Person e nos dá uma visão privilegiada do programa que controla as operações oficiais da máquina de Finch, algo que a série ainda estava por explorar. 16º episódio da temporada, “Relevance” também começa a montar a estrutura que vai estar mais clara no finale, e que começou a ser revelada na última cena do episódio passado, com um figurão do governo estando por trás da operação (ou quase isso, já que “Relevance” indica espertamente que ele não está ainda no topo da cadeia de poder), e tendo como assistente a própria Root. O roteiro de Nolan lida com isso magistralmente, ao mesmo tempo em que se diverte ao fazer de Reese e Finch coadjuvantes da história, tomando a visão da vítima/criminosa (outra grande virtude do episódio é não definir exatamente qual dos dois a moça é, embora a retrate sobre uma luz um pouco heróica).

“Relevance” está aqui para mostrar, primeiro, que Person ainda não terminou de tirar as cartas narrativas da manga, e promete um episódio final movimentado com participações de todas as peças que compuseram o tabuleiro da temporada (não é a toa que tem deixado tantas pequenas pontas soltas por aí). Segundo, que Jonathan Nolan pode ser um escritor e diretor de thrillers de ação tão bom quanto, ou ainda melhor, do que o seu irmão. Missão cumprida, meninos.

***** (4,5/5)

Person Of Interest

Próximo Person of Interest: 02x17 – Proteus (07/03)

0 comentários: