8 de abr de 2013

Review: Cult, 01x07 – Suffer the Children

CULT

por Caio Coletti
(TwitterTumblr)

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

Desde a sua estreia, semana após semana Cult deixa mais claro que sua estrutura como história serializada pretende seguir algumas regras básicas que fizeram dos programas de TV cults que conhecemos o que eles são. “Suffer the Children” é um episódio que leva a mitologia da série adiante consideravelmente, especialmente quando colocada em contraste com episódios como “The Kiss” (01x05), um tipo de episódio que vamos classificar como “fã radical da semana”, e “The Good Fight” (01x06), um episódio de mais estudo de personagem. O fato de que a série fez três bons capítulos de formas tão diferentes mostra que ela está pronta para uma vida longa na televisão americana (se a audiência deixar, claro).

Do trio citado, “Suffer the Children” talvez seja o melhor. A trama cava fundo no passado da Detetive Sakelik de Aisha Hinds, acompanhando Jeff e Skye enquanto eles descobrem que a policial foi parte de um estranho culto durante a juventude. Conhecemos um par de outros membros do tal culto, e descobrimos que a atual nêmesis dos nossos protagonistas tem um segredo cabeludo para esconder do seu passado. A forma como o roteiro de Megan Martin (Possuídas 2) entrelaça essa trama com o cenário maior da série, inclusive o “homem por trás das cortinas” Steven Rae, é instigante e pode trazer bons efeitos para os próximos episódios.

Depois da boa performance no último episódio, Aisha Hinds segue no ritmo e parece ter encontrado o ponto certo para fazer de Sakelik uma ameaça real e palpável (algo que a série estava precisando depois de tantos fãs enlouquecidos da série-dentro-da-série que não duravam mais do que um episódio). A trama paralela da série fictícia, aliás, é temperada pelo fato de Kelly tem finalmente encontrado evidências que possam levar Billy a ser preso – mas estar disposta a trocá-las pela libertação de sua irmã. Alona Tal, que também está em uma boa sequencia de episódios, vira o jogo com maestria na interação com Robert Knepper.

Falando nele, seu pobre Roger Reeves está metido em uma storyline que está fadada a chegar a lugar nenhum, provavelmente, até o final da temporada. Seus diálogos com o misterioso Stuart de Jeffrey Pierce são a parte menos interessante do episódio mais uma vez. Ou talvez seja todo o resto que esteja tão envolvente.

**** (4/5)

Próximo Cult: 01x08 – The Devil You Know (12/04)

1 comentários:

Anônimo disse...

Infelizmente foi cancelada e nem a temporada vão terminar. Dá para acreditar?