25 de abr de 2013

Review: Parks and Recreation, 05x19 – Article Two/ 05x20 – Jerry’s Retirement

54191

por Sâmela Silva
(@onlyinception)

A onda de criatividade dos roteiristas de Parks realmente não se foi: quando você pensa que as leis malucas de Pawnee já se superaram, eles riem da sua cara e dão um jeito de extrapolar ainda mais as bizarrices da pequena cidade de Indiana.

Essa é a básica premissa de "Article Two", as estranhíssimas leis. O segundo artigo da Carta Magna de Pawnee diz que uma vez ao ano homens chamados Ted devem ser jogados no lago no "Dia da Festa do Ted", o que, compreensivelmente, não deixa os Teds felizes. E aí somos agraciados com os outros artigos malucos, sexistas e racistas dos primórdios da cidade, até que Leslie percebe que alguns deles precisam ser mudados. Ao ser impedida por um cidadão que cultua as leis do lugar, Leslie coloca seu espírito competitivo em ação para convencê-lo do melhor a se fazer. Porque, bem, ela é Leslie Knope.

Por outro lado, Ron tenta ajudar April a fugir de um curso de Chris, mas acaba se ferrando. Swanson tem se mostrado até que bem prestativo nesta última temporada, ajudando seus amigos como pode. Mas, neste caso, sua ajuda é justificada da forma que só Ron Swanson faria. Como não amar um personagem que trabalharia a noite toda para que nada seja feito? No meio do curso, Chris e Ron acabam por competir, usando o pobre Jerry como cobaia, tudo para descobrir que tal competição foi armada pela engenhosa April.

Mas Leslie está envolvida em outra sub-trama e na terceira competição no episódio, apesar de não estar diretamente participando dela. Ann e Ben se debatem (não de forma literal) para comprar um merecido presente para Knope em uma das várias datas que Leslie criou. Apesar de ser maravilhosa, Wyatt acaba reclamando do quão dedicada sua esposa é. E, falando em Wyatt, agora fica bem mais visível que desde sua entrada na série as referências à cultura pop tem sido frequentes. Só em "Article Two" Game of Thrones, Star Wars e a Marvel foram homenageadas, para a felicidade dos nerds de plantão.

E pela segunda vez na temporada, a NBC resolveu enganchar dois episódios na mesma noite. O segundo foi "Jerry's Retirement", que, como o nome diz, trata-se da aparente repentina aposentadoria de Jerry (que ninguém percebeu que estava chegando, mas deveria). Em pleno dia de folga de Leslie e Ben, incluindo Wyatt não usando um terno (!!!), e comemoração do primeiro ano de Knope como vereadora, a mulher acaba por tentar a todo o custo fazer algo legal para Jerry. Sempre bom quando trazem de volta o casal mais lindo da série de volta, porque eles sempre funcionam tão bem que devem dar inveja a outros casais fictícios. E Ben cita Fringe, então é tudo bonito.

Porém, o outro lado da aposentadoria do funcionário que nunca foi muito bom trouxe um dilema para os trabalhadores do Departamento: todo escritório precisa de um Jerry, e logo um deles se tornaria este. Com medo de que tal fama passasse para ele, Tom se enrola e o que mais temia se torna realidade. Apesar de todas as tentativas para parar as zoações de seus amigos, Havenford se vê sem opções e acaba confidenciando a Ron o motivo pelo qual aquilo o faz tão mal. Daí descobrimos um pouco do passado do personagem, que por vezes só serve para ser irritante.

Já Chris e Ann estão envolvidos em seu próprio e recorrente drama. Os dois percebem que não estão prontos para ter seu filho e, num ataque de pânico, acabam fazendo o que deviam da forma tradicional. Depois são obrigados a enfrentar a estranheza do momento, PORÉM, como eu mesma havia citado anteriormente, dão dicas de que se tornarão um casal em breve, pois estão fazendo as coisas funcionarem por enquanto.

Todavia, as perguntas que aqui fica são: o que será de Parks agora sem um de seus melhores alívios cômicos? É certo de que Jerry continuará indo ao Departamento uma vez por semana, mas será que o público verá estes dias ou fingirá que o coitado nunca existiu? E Leslie e Ben realmente começarão uma família? Aguardemos os próximos capítulos desta saga.

0 comentários: