14 de mai de 2013

Review: Vicious, 01x03

1258611

por Andreas Lieber

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

Seguindo a premissa de seus dois episódios anteriores, Vicious é uma sitcom que, embora já venha com sua história formada e pronta, é a cada novo episódio que descobrimos certos meandros e características dos personagens. Além das cutucadas e questiúnculas (o famoso “bickering”, em inglês) de Freddie e Stuart, da felicidade de Ash e da luxúria cômica de Violet, vamos descobrindo aos poucos características mais únicas de cada um.

Quando Ash anuncia que está insatisfeito com o seu trabalho em um restaurante, Freddie dá a notícia de  que irá fazer uma audição para a famosa série britânica Downton Abbey e oferece para ensinar ao jovem algumas técninas para que ele, também, possa investir na carreira. Encorajado por Violet, principalmente porque, segundo ela é requerido de jovens atores varias cenas sem camisa, Ash começa a ajudar Freddie no ensaio de sua – única – fala no roteiro.

Enquanto isso Violet discute seu relacionamento a distância e a beira da falência com Stuart, que a aconselha um término imediato. A felicidade de Freddie por ter conseguido o papel é desgastada, no entanto, quando Ash aparece dizendo que, em sua primeira audição, conseguiu papel em um filme independente. Caindo em profunda depressão, o que ocasiona com que seja gentil com todo mundo, Freddie começa a ter uma crise de realização profissional. Enquanto Stuart e Vi tentam acabar com a auto-estima de Ash para que ele recuse o papel e Freddie volte ao normal, vemos que, mesmo com as disputas constantes, esses velhos amigos ainda fazem de tudo um pelo outro.

A série se mantém com falas engraçadas e ageis, além de apresentar uma tonelada de referências à cultura britânica em cada episódio. Um toque engraçadíssimo que deve ser notado também são as infinitas dúvidas de Freddie e Stuart sobre se Balthazar, o cachorro de 20 anos, continua vivo a cada cena.

4/5(****)

image-5261_51915039

0 comentários: