21 de jun de 2013

Review: Hannibal, SEASON FINALE – 01x13 – Savoureux

Hannibal-Episode-1-13-Savoureu-hannibal-tv-series-34609748-3000-1996

por Andreas Lieber

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

Acho que de todos os nomes escolhidos para os episódios de Hannibal nessa temporada, nenhum se adequou melhor do que o do season finale, “Savoureux”. Saboroso, em francês, é exatamente o que esse episódio foi. Após treze semanas de pura arte, uma das melhores estreias, se não a melhor, do ano, chega ao seu brilhante grand finale e, como já era de se esperar, foi um sublime terror psicológico a là The Silence of the Lambs e Hannibal (o filme). Desde alguns episódios atrás a série estava dando pistas sobre seu final e, sem dúvida nenhuma, Hannibal deixou de lado a ação e o gore para dar lugar aos jogos psicológicos, ao medo e ao desespero bem temperado (pun intended).

Hannibal apresentou ao longo de sua temporada um problema interessante: ao construir um personagem tão inteligente, cativante e bem construído como Hannibal Lecter, foi difícil para os telespectadores não se apaixonarem e torcerem por ele; mesmo com a série nos dando um lembrete contínuo de quem ele era, além de… bem, é o Hannibal, gente! No entanto, se isso pode ser chamado mesmo de um problema, ele veio com uma solução. Com um roteiro magnificamente escrito, fomos lembrados, episódio por episódio, a cada segundo, do tipo de monstro que Lecter realmente é.

Brincando, manipulando, se divertindo, Hannibal construiu sua primeira temporada ao redor de pessoas assombradas com problemas pessoais bem como com problemas mais abrangentes. Como Beverly disse em certo episódio: a vida de quem trabalha nessa área do FBI não é fácil, ou bonita. Entrelaçando ótimos roteiro e atuação à um glorioso conjunto de arte – fotografia, direção, locação… tudo –, Hannibal chega a seu finale com Will preso pela morte de Abigail, claramente obra de Hannibal, e personagens assombrados pela instabilidade de suas escolhas, como Jack e Alana (ótima atuação de Caroline Dhavernas).

No âmbito de personagens, as dúvidas que circulam acerca de Bedelia du Maurier sobem à níveis atronômicos nas cenas finais quando ela fala que os padrões de Hannibal começam a serem percebidos. Será que a personagem da maravilhosa Gillian Anderson (que não envelhece?) sabe muito mais do que diz? Para finalizar uma temporada incrível, mais referências no season finale, sendo a mais marcante a escolha da ópera “Vide Cor Meum”, aria especial do compositor Patrick Cassidy para o filme Hannibal. E, enquanto Will, mais afetado que nunca pela inflamação cerebral, encaixa o quebra-cabeça sobre Hannibal e vai preso, sua mente junta o cervo que ele via ao próprio Dr. Lecter em uma criatura digna do Fauno em Pan’s Labyrinth. O rumo da segunda temporada é um mistério completo e, pelo o que vimos até agora, será uma surpresa completa também. Rumores dizem que Sir Anthony Hopkins, David Tennat, Lee Pace e Kristin Chenoweth podem se juntar ao elenco da próxima vez que o virmos. Já imaginou? Até lá.

5/5(*****)

Hannibal-Episode-1-13-Savoureu-hannibal-tv-series-34609752-3000-1996

Hannibal retornará para a segunda temporada em 2014

0 comentários: