10 de jul de 2013

Review: Duas vinganças (e um final muito estranho) em “Sem Perdão”

dead-man-down-poster

A estreia americana do diretor Niels Arden Oplev, que fez nome ao comandar a adaptação sueca de Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, é uma infeliz deseventura, mas não é exatamente um filme ruim. A história de um homem (Colin Farrell) que perdeu a família para as tramas de um criminoso (Terrence Howard), e agora se infiltrou na organização do mesmo para tramar a vingança se interlaça com a de uma mulher (Noomi Rapace) desfigurada por um acidente de carro envolvendo um motorista bêbado, que testemunha o personagem de Farrell cometendo um crime no apartamento em frente ao seu, e o chantageia para conseguir a sua própria forma de justiça.

A estrutura é esperta (o filme não entrega a trama mastigada logo no começo, o que provem um jogo de gato e rato saboroso), o desenvolvimento das emoções dos personagens principais é realizado quase em ritmo europeu, a direção de Oplev é delicadamente fria e certeira, com uma abordagem refrescante das cenas de ação, e o elenco acerta: Colin Farrell entrega uma performance cuidadosamente contida e calculada que pinta um retrato comovente de um homem cuja raiva é o princípio definidor da vida que leva; Rapace está igualmente ótima, mais confortável aqui que nos outros papéis de língua inglesa que cravou até agora; os coadjuvantes Howard, Dominic Cooper e a grande Isabelle Huppert fecham bem a conta.

O problema de Sem Perdão é o roteiro de J.H. Wyman (A Mexicana), que não resiste a um clímax que parece saído de um filme de Schwarzenegger e soa estranhamente fora de lugar para o thriller dramático eficiente a que o público é exposto na primeira uma hora e meia. Sem Perdão vai deixar o público querendo um final mais substancial e menos fácil para as jornadas existenciais de seus personagens excelentemente construídos, e embora isso seja uma grande decepção, ainda é um filme eficiente quando abraça as próprias qualidades.

**** (3,5/5)

Sem Perdão (Dead Man Down, EUA, 2013)
Direção: Niels Arden Oplev
Roteiro: J.H. Wyman
Elenco: Colin Farrell, Noomi Rapace, Terrence Howard, Dominic Cooper, Isabelle Huppert
118 minutos

Caio

0 comentários: