23 de ago de 2013

5 filmes que definiram a carreira de Ben Affleck

Ben-Affleck-Argo

A Warner confirmou ontem a escalação de Ben Affleck para o papel de Bruce Wayne no vindouro Batman vs Superman, que colocará os dois grandes heróis da DC Comics frente a frente sob o comando de Zack Snyder e com roteiro de David S. Goyer. Ator mais velho a ser escalado para o papel até hoje, o que combina com o fato de que Wayne já estava mais grisalho quando enfrentou o herói kryptoniano nos quadrinhos, Affleck vem de um grande sucesso para a Warner (Argo, mais sobre o filme aí embaixo), mas desde meados dos anos 80 leva uma carreira cheia de altos e baixos. Confira 5 filmes que sintetizam essa montanha-russa à la Affleck:

good_will_hunting_matt_damon_ben_affleck

Gênio Indomável (Good Will Hunting, 1998)

Quase duas décadas tentando prosperar no showbusiness fizeram bem a Affleck e ao amigo e colega de quarto Matt Damon, que chegaram ao estrelato com o celebrado drama Gênio indomável. O projeto adotado pela Miramax tinha roteiro dos dois jovens atores, que também estrelavam ao lado de Robin Williams (vencedor do Oscar pelo papel), e era assinado por Gus Van Sant na direção. Além de Melhor Ator Coadjuvante, o filme levou também o Oscar de Melhor Roteiro Original, levando Damon e Affleck ao palco da Academia pela primeira vez.

Bilheteria: US$225 milhões

Pearl_Harbor_6674_Medium

Pearl Harbor (2001)

Affleck virou o queridinho da América mais rápido que o amigo Damon, mas precisou arriscar o prestígio recém-adquirido com o Oscar para isso. A parceria com Michael Bay começou em Armageddon, que apresentou o ator para o mundo dos blockbusters, e terminou com Pearl Harbor, o épico de guerra inflado considerado por muitos o pior filme da carreira de Bay. Affleck atua ao lado de Josh Hartnett, Kate Beckinsale, Alec Baldwin, Jennifer Garner, Jon Voight, Cuba Gooding Jr e Michael Shannon nesse filme que estourou nas bilheterias, mas levou uma boa surra da crítica.

Bilheteria: US$449 milhões

daredevil

Demolidor – O Homem Sem Medo (Daredevil, 2003)

Dez anos antes de ser escalado para ser Batman, Affleck arriscou a mão no gênero de super-heróis, lá quando o momentum de X-Men levou os estúdios a comprarem loucamente os direitos de personagens da Marvel. Affleck ficou com o advogado cego que combate o crime em uma roupa vermelha de couro. Dirigido por Mark Steven Johnson, que mais tarde faria Motoqueiro Fantasma, o filme contava com Jennifer Garner como Elektra e Colin Farrell como Mercenário. Embora na época Affleck estivesse engatando um romance com Jennifer Lopez, o ator subsequentemente namoraria e se casaria com Garner.

Bilheteria: US$179 milhões

hookups-gigli-590x350

Contato de Risco (Gigli, 2003)

O pedatorismo da imprensa em cima do casal “Bennifer” pode ter influenciado no péssimo resultado de Contato de Risco nas bilheterias, mas a verdade é que o filme de Martin Brest é muito ruim mesmo. A história de uma lésbica, um mercenário e um garoto com retardo mental que se tornam amigos durante um sequestro não colou com o público, que já estava cansado de Jennifer e Ben, e foi massacrada pela crítica. As carreiras da ambos os lados do casal nunca mais foram as mesmas depois desse fracasso, e até o diretor Brest, que havia ganhado indicação ao Oscar por Perfume de Mulher, nunca mais lançou nada.

Bilheteria: US$7 milhões

ben-affleck-directing-argo

Argo (2012)

Sete anos e várias tentativas pouco expressivas de retorno ao estrelato deram a Affleck a distância necessária para voltar ao seu verdadeiro talento: idealizar, escrever e realizar histórias pelas quais é apaixonado. Medo da Verdade, sua estreia como diretor, já ganhou a atenção da crítica. Atração Perigosa, o filme seguinte, conquistou o público. Argo foi o passo final nesse escalada, valendo a Affleck o Globo de Ouro de Melhor Diretor e o Oscar de Melhor Filme e o levando ao palco da Academia 14 anos depois de Gênio Indomável.

Bilheteria: US$232 milhões

Será que Batman Vs. Superman é mais um degrau acima no ressurgimento de Affleck, ou o moço está repetindo todos os erros que cometeu lá na década passada? Só nos resta esperar 2015 para descobrir.

0 comentários: