12 de ago de 2013

Active Child conceitual e misterioso no novo single “She Cut Me”

2011_06June_23_ActiveChild

por Caio Coletti

As influências de Pat Grossi, o Active Child, nunca foram as mais convencionais. Famoso pela faixa “Hanging On”, regravada por Ellie Goulding, o ruivo de voz em falsete e harpa sempre em mãos encantou uma parte do público indie no primeiro álbum, de 2011, You Are All I See, recheado de canções românticas e aéreas. Agora, o caminho parece ainda mais bizarro com o lançamento do novo single “She Cut Me”.

A canção, que não tem letra, ganhou vídeo com cenas do polêmico curta metragem Lucifer Rising, do diretor mega-uber independente (e mega-uber cultuado) Kenneth Anger. O clima tribal da percussão e as vocalizações de Grossi criam um ambiente climático, mas o moço garante que haverá letras propriamente ditas no EP RAPOR, a ser lançado em Outubro.

0 comentários: