31 de ago de 2013

Review: Wilfred, 03x12 – Heroism

wilfred-heroism

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

E como dava para prever pelo episódio da semana passada, nesse pré-season-finale de Wilfred temos o retorno da subtrama romântica entre Ryan e a Jenna de Fiona Gubelmann. O timing da sériie é perfeito: além de estarmos perto do final da temporada, obviamente, também é preciso lembrar que essas treze semanas do terceiro ano de Wilfred foram muito mais focadas em outros aspectos do protagonista e de sua relação com o personagem-título do que na relação com a vizinha. Isso deu espaço para a personagem respirar e tomar vida própria fora do status de interesse romântico, em pequenas cenas espalhadas pelos episódios que pareciam querer nos “atualizar” sobre a quantas ela andava.

Quem está mais agradecida com tudo isso, de longe, é Gubelmann, que rouba a cena aqui com uma Jenna muito mais humana, compreensível e fascinante do que nunca. O detalhismo da atriz é algo que aflora quando a personagem realmente apresenta essa oportunidade, e a química relaxada com Elijah Wood salta aos olhos. A trama de “Heroism” mostra Jenna preocupada com o aumento da criminalidade na vizinhança, exatamente quando ela e o marido Drew resolvem tentar novamente gerar um bebê. Ela quer instalar um sistema de segurança eletrônico, o que enfurece Wilfred, que sente não ser capaz de fazer a dona se sentir segura. O cachorro manipula Ryan para que ele comece um “neighborhood watch”, e a única que comparece, claro, é Jenna. O que só faz com que os vizinhos passem mais tempo juntos, mesmo que Ryan tenha tentado se afastar de Jenna para controlar seus sentimentos por ela.

“Heroism” é um episódio excepcionalmente polido visualmente, o que não é usual para Wilfred. O diretor Randall Einhorn, que assinou todos os episódios dessa terceira temporada, resolve apurar suas lentes aqui, esboçando um visual sofisticado com trocas de foco, fotografia limpa e encenação bem marcada, o que combina com o roteiro redondinho de Cody Heller e Brett Konner, dupla que tem supervisionado toda a temporada e assume nesse episódio a linha de frente. Os jogos com a obsessão de Wilfred com o seu status entre os cachorros da vizinhança e o medo de pombos são hilários, assim como algumas outras gags visuais estreladas por Jason Gann, e ao mesmo tempo o episódio ganha um senso de profundidade e personagem que faltou, e muito, na semana passada.

Com uma reviravolta genuinamente surpreendente no final, “Heroism” mostra que o season finale da próxima semana promete mexer com a própria fundação dos personagens da série.

***** (4,5/5)

WILF_312_20_THU10_FXWEB_2500_1280x720_44596803775

Próximo Wilfred: 03x13 – Regrets (SEASON FINALE)

Caio

0 comentários: