6 de dez de 2013

Review: Mom, 01x11 – Cotton Candy and Blended Fish

MOM

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

Pungente, doce e comovente não eram adjetivos do topo da lista dos utilizaveis para descrever Mom quando a série estreou, onze semanas atrás. Desde que pegou gosto pela coisa com o sombrio “Zombies and Cobb Salad”, no entanto, essa tem se mostrado uma narrativa que quer explorar seus personagens com mais profundidade do que pode se esperar de uma sitcom de Cuck Lorre. O processo nada mais é, é claro, do que Mom honrando a própria premissa e a própria condição de suas protagonistas, que não importa de que forma bem humorada encarem a vida, são ex-viciadas em drogas e álcool. Ainda assim, não deixa de ser inesperado.

“Cotton Candt and Blended Fish” mergulha em profundezas nas quais a Mom sitcom puramente bobinha jamais teria coragem de explorar, ao dotar a coadjuvante Marjorie (uma maravilhosa Mimi Kennedy) de uma storyline própria e, em cima disso, ainda fazer esta storyline tem a ver com a personagem descobrindo que tem câncer. Curiosamente, essa entrada é uma das mais engraçadas da temporada até agora, com piadas bastante consistentes baseadas na mudança de perspectiva que Bonnie e Christy tem quando descobrem a doença da amiga, mas também na personalidade já construída dessas protagonistas e o efeito desse dispositivo narrativo (um termo fancy para ser usado para Mom, mas é o que é) nela.

É interessante ver Mom eleger uma trama principal e seguir por ela enquanto joga outras subtramas para as margens dos acontecimentos sem deixá-las de lado (Violet não cabe em suas calças jeans, Roscoe está reprovando em matemática). É um processo bem complexo de roteiro que os escritores parecem dominar com tranquilidade, e nessa costura sai um dos episódios mais triunfantes de uma sitcom que, quase sem que nem tivessemos percebido, está se tornando um dos estudos de personagens mais simples e acertados da televisão americana. Câncer é um assunto natural para Mom tocar, uma vez que tem sido sobre a postura dessas pessoas em tela perante todos os males da vida. Que elas não percam o bom humor é só mais um atestado a sua presença de espírito fabulosa.

Observações adicionais:

- “Dolores, honey, lower the skirt, or trim the witch’s broom”

- Soup is the official food of sick people.

- Mom está confiando em seu público, fazendo piadas recorrentes. Mesmo que dentro de um só episódio, e não sendo nenhuma Arrested Development, especialista nesse processo, a série mostra que tem pernas próprias para andar.

- Christy leva a realização conceitual da semana para o ambiente de trabalho, e isso faz bem ao cenário, que antes nao produzia, em geral, boas histórias.

***** (5/5)

104217_d00023b

Próximo Mom: 01x12 – Corned Beefs and Handcuffs (16/12)

Caio

0 comentários: