16 de jan de 2014

Review: Person of Interest, 03x13 – 4C

0eb6cfd9edaa406ec0227e7992d45f7d

Curta Person of Interest Oficial Brasil no Facebook

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

por Caio Coletti

Nesse terceiro ano de sua trajetória, Person of Interest chegou em um ponto de desenvolvimento de personagens e narrativa, em um nível de qualidade de roteiro, no qual nenhum episódio existe por si só. São raríssimas as séries que alcançam esse pathos, e ainda mais raros os procedurals (o único outro exemplo que consigo pensar, aliás, é The Good Wife) que chegam nesse momento em que cada capítulo existe ao mesmo tempo para satisfazer o formato e desenvolver a história maior que a temporada, ou a série toda, pretende contar. Existe uma multiplicidade fundamental em “4C” que confirma o quanto Person não está pronta para “voltar a normalidade”.

Nessa semana, acompanhamos Reese deixando New York via avião, a caminho de Istanbul. Acontece que em seu vôo, não por acaso, está também Owen Matthews (Samm Levine, conhecido dos fãs da cult Freaks and Geeks), programador de um site de venda de narcóticos que, alegadamente, tem a missão de diminuir a violência relacionada ao tráfico de drogas (“cutting the middle-man”, como Owen esclarece). Que a máquina é a responsável por colocar o personagem de Jim Caviezel no avião fica claro desde o começo, mas além da ambientação claustrofóbica, a novidade de “4C” é que, dessa vez, a criação de Finch apontou para eles um número no qual os agentes do governo também estão de olho. Um número relevante.

O plot do episódio segue com a tendência da temporada de colocar uma luta de vontades  entre a máquina e os indivíduos, por vezes sugerindo que a consciência elevada dessa primeira pode saber mais sobre o que precisamos do que nós mesmos. Esse é também o momento em que Person resolve conciliar Reese com seus demônios vindos da morte de Carter e, portanto, também com as missões dele e de Finch. É preciso respeitar uma série de televisão aberta que esperou quatro longos episódios para fazer seu protagonista chegar a fase de aceitação do luto, e Jim Caviezel parece grato em fazer Reese respirar depois de uma série de episódios tão densos.

“4C” é também bastante bem-humorado, a começar pela performance divertida de Samm Levine como o guest star da vez (o episódio conta também com a adorável Sally Pressman, de Army Wives, que esperamos ver de novo daqui a uma temporada ou mais). As múltiplas ameaças a vida do personagem provem um momentum de narrativa bem considerável, provocando um verdadeiro pandemônio abafado dentro do avião em que Reese está. Com uma trama que reflete temas presentes na própria constituição intrinseca da série – tecnologia, controle e complexo de Deus – “4C” é um retorno a estrutura convencional da série que consegue o feito de não soar como tal. E é mais um triunfo para uma temporada de televisão fenomenal.

✮✮✮✮ (4/5)

Person-of-Interest-Season-3-Episode-13-4C

Próximo Person of Interest: 03x14 – Provenance (21/01)

0 comentários: