25 de fev de 2014

Review: Mom, 01x17 – Jail Jail and Japanese Porn

MOM

por Caio Coletti

ATENÇÃO: esse review contem spoilers!

Há quatro episódios do final de sua temporada de estreia e com números cada vez mais fortes na audiência, Mom aos poucos se mostra uma das sitcoms mais notáveis da programação da TV aberta americana. “Jail Jail and Japanese Porn” marca o retorno da série depois do hiato para as Olimpíadas de Inverno, e mostra que Chuck Lorre e companhia não perderam o trilho que leva a série ao caminho rápido para esse status. O centro do episódio está na covergência de duas tramas que são na verdade continuações de premissas apresentadas em momentos diferentes da temporada.

Da última vez que vimos Regina (Octavia Spencer), ela havia resolvido dar um jeito na sua vida ao ficar sóbria e se entregar para a polícia, confessando o roubo do dinheiro de seus clientes. Agora, ela enfrenta as consequencias dessa decisão: com o julgamento se aproximando, ela precisa que Christy ou Bonnie sirvam como sua “character witness”, uma testemunha que dá depoimento sobre o caráter da ré. A primeira escolha, é claro, é Christy, mas a personagem de Anna Faris tem outra preocupação na cabeça, na forma do relacionamento com David (Nick Zano), o bombeiro-filósofo-alcoólatra que conhecemos no último capítulo, e cuja convivência parece estar tomando cada vez mais do tempo da moça.

O mais legal dessa confluência de tramas, se tocando especialmente no final, é que elas abrem espaço para um tema muito contundente. Em suma, o episódio serve para mostrar que no episódio de Mom, o “amor” não é desculpa para fugir de suas resposabilidades, por mais que essa própria proposta seja muito sedutora para uma alcoólatra em recuperação. Essa é a primeira vez que vemos Christy se deixar levar por algo a ponto de deixar em segundo plano os deveres com a sua família, o trabalho e os amigos. Mesmo que a “droga” da vez seja a paixão (talvez mais o desejo, a infatuação), isso não a faz nem um pouco menos como uma viciada.

Observações adicionais:

- “Mom, she’s going to prison!” “Where she’ll eat for free”

- A cena de Bonnie sendo a character witness é tão genial que me faz querer Allison Janney em The Good Wife. E o breakdown emocional de Christy logo depois, na mesma posição, é igualmente brilhante da parte de Anna Faris.

- “Yeah, the sex was great, Your Honor!”

✮✮✮✮✮ (4,5/5)

1632712407_3250917061001_citytv-mom-s1-e17-vs

 Próximo Mom: 01x18 – Sonograms and Tube Tops (03/03)

0 comentários: