29 de jan de 2015

Previsões para o Oscar 2015: Melhor Filme

FILM-GOLDENGLOBES/Elenco, diretor e produtor de Boyhoodrecebem o prêmio de Melhor Filme – Drama

por Caio Coletti

Oito indicados ao Oscar de Melhor Filme. É o menor número de lembranças na lista desde que a Academia resolveu fugir do formato de cinco indicados que reinou por décadas até 2010. Foram dez naquele ano, mais dez em 2011, e nove em 2012, 2013 e 2014. Como sempre, a profusão de indicados garantiu a diversidade da lista, mas foi por pouco que os dramas biográficos não dominaram o Oscar 2015: são quatro indicados, entre histórias de cientistas (A Teoria de Tudo) e matemáticos (O Jogo da Imitação) brilhantes até a de um líder do  movimento civil negro (Selma) e a de um herói de guerra americano (Sniper Americano). Sobrou espaço, no entanto para uma comédia fantasiosa (O Grande Hotel Budapeste), uma metaficção adoidada (Birdman), a estreia de um diretor promissor (Whiplash) e o experimento de um veterano do cinema indepenedente americano (Boyhood).

Os indicados:

Sniper Americano
Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
Boyhood: Da Infância à Juventude
O Jogo da Imitação
O Grande Hotel Budapeste
Selma: Uma Luta Pela Liberdade
A Teoria de Tudo
Whiplash: Em Busca da Perfeição

boyhood

Aposte em
Boyhood: Da Infância à Juventude

A essa altura do campeonato, só Birdman posa alguma ameaça para Boyhood, o drama experimental que Richard Linklater fimou durante um período de 12 anos. Mas a metaficção de Alejandro González Iñárritu perdeu bastante força quando perdeu a Globo de Ouro em sua categoria para O Grande Hotel Budapeste, enquanto Boyhood levou a estatueta de Melhor Filme – Drama. Se vencer no dia 22 de Fevereiro, o filme estrelado por Ellar Coltrane, Ethan Hawke e Patricia Arquetter vai consagrar não só uma dos trabalhos mais impressionantes narrativamente das últimas décadas como também um drama sensível e fascinante que carrega o espectador para uma experiência transcendente de cinema.

REVIEWTRAILER

Downloads9

Torcemos por
Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
O Grande Hotel Budapeste

Na verdade mesmo, o nosso preferido é Boyhood. Mas esses dois indicados também estão na nossa lista de favoritos os tempos, então vale a pena falar sobre eles: Birdman é um tour de force técnico com seu take único e seu elenco ligado no 220, incluindo interpretações definidoras de Edward Norton, Naomi Watts e, é claro, Michael Keaton; Budapeste, por sua vez, é um deleite de brincadeiras visuais e narrativas, uma comovente história sobre a morte de mundos imaginários nas vésperas da Segunda Guerra Mundial, e um tributo lindo à capacidade humana de sobreviver contando histórias. Ambos são feitos cinematográficos que ficarão marcados no ano de 2014 por um bom tempo, e ambos mereciam algum tipo de reconhecimento, mas não há Oscar que pague o pedacinho deles que vai viver dentro de cada espectador.

Birdman: REVIEWTRAILER
O Grande Hotel Budapeste: REVIEWTRAILER

Downloads10

Esqueceram de
O Abutre
Garota Exemplar

Ambos críticas veladas à fundamentos essenciais do american dream, talvez não seja coincidência que O Abutre e Garota Exemplar tenham ficado fora da lista da conservadora Academia. O primeiro é a estreia na direção de Dan Gilroy, que criou uma fábula cínica e assustadora sobre um homem (Jake Gyllenhaal, na melhor atuação de sua carreira) que regurgita frases prontas de auto-ajuda e encarna a ambição fundamental do capitalismo (“greed is good”, alguém?), mas mostra o lado mais feio e psicopático de todos esses conceitos. Garota Exemplar, por sua vez, destrói o conceito de amor romântico para destrinchar as encenações e fingimentos que constituem o relacionamento entre dois seres humanos mais do que falhos, explodindo pelo caminho o ideal da América suburbana, da família perfeita, e da bondade essencial da família.

O Abutre: REVIEWTRAILER
Garota Exemplar: REVIEWTRAILER

1 comentários:

Ingra Deonísio disse...

Também estou torcendo pra Birdman ou a Teoria de Tudo! Não gostei tanto de Boyhood ;/achei interessante ser filmado em 12 anos e tal mas senti falta de certas partes da vida que não foram passadas ai sei lá ;/ acho que homens se ligaram melhor com esse filme, mas enfim! :p
Também fiquei arrasada com a falta de indicação de Gone Girl e lembrarem do Fincher em direção né ;/
www.amosoublog.blogpot.com