12 de abr de 2015

Figuras carimbadas: 10 ótimos “guest stars” que já vimos em mais de uma série

Downloads14

por Caio Coletti

Para os apreciadores realmente ávidos de séries de TV, algumas das categorias mais bacanas de se acompanhar nos Emmys são aquelas que premiam os atores e atrizes convidados. São quatro estatuetas que são distribuídas nesse filão, duas para homens e duas para mulheres (uma para os/as melhores em comédia, e outra para drama), e por lá passam desde os astros e estrelas de cinema que fizeram aparições especiais em títulos da televisão americana até os celebrados character actors da indústria. Esses últimos nomes, especialmente, ganham o carinho dos que acompanham uma grande quantidade de séries, uma vez que se tornam presenças familiares, mesmo que apareçam em apenas um par de episódios por série. Além de aparecerem recorrentemente na nossa rotina de seriadores, no entanto, o mais bacana é ver como esses profissionais injetam vida em tipos bem diferentes, provando sua versatilidade e valor.

Para reconhecer esse trabalho, portanto, relacionamos 10 dos nossos guest stars preferidos dos últimos anos. Vem com a gente:

MSERIES03379

Wrenn Schmidt

Essa jovem ruiva chamou a nossa atenção primeiramente em The Americans, num papel que durou pouco, mas marcou muito a cronologia da devastadora segunda temporada do programa. Vê-la ressugir em nossas telas esse ano, em Person of Interest, um dos nossos thrillers preferidos, foi mais que um prazer: na pele da Dra. Iris Campbell, a jovem atriz mostrou muito mais dimensões e capacidade dramática do que na sua aparição anterior, ganhando de vez nossos corações e se mostrando uma intérprete com futuro garantido na televisão americana, se souber que caminhos trilhar. Estamos torcendo para Person usá-la cada vez mais e para Schmidt eventualmente ganhar um papel de destaque em alguma produção só sua.

Vimos em: The Americans (2014, 6 episódios); Person of Interest (2014-2015, 5 episódios)

Também esteve em: Law & Order (2006, 1 episódio); Mercy (2010, 1 episódio); Body of Proof (2011, 1 episódio); Blue Bloods (2012, 1 episódio); Boardwalk Empire (2012-2013, 10 episódios); Tyrant (2014, 4 episódios); Unforgettable (2014, 1 episódio)

No cinema: Fez a comédia O Idiota do Meu Irmão, em 2011, com Paul Rudd; e esteve também no thriller Preservation, do ano passado, em que interpreta uma médica anestesista que precisa proteger sua família quando ela, o marido e o filho são arrastados para um jogo doentio de caça e caçador.

Season_4_-_Episode_5_-_Pink_Cupcakes_1354

Denis O’Hare

Apesar de ser parte do elenco principal que se repete em diversas temporadas de American Horror Story, Denis O’Hare é um dos menos celebrados membros da trupe de Ryan Murphy. Uma pena, porque esse americano natural do Missouri coleciona uma quantidade impressionante de papéis na televisão americana desde sua estreia em 1993, em um episódio de O Jovem Indiana Jones. A indicação a Emmy pela atuação na primeira temporada de AHS, as duas lembranças no SAG Awards pelo trabalho dentro dos elencos de Milk e Clube de Compras Dallas e o Tony vencido em 2003 pela peça Take me Out ratificam a carreira brilhante do ator, que também vimos como um dos juízes recorrentes da celebrada The Good Wife.

Vimos em: American Horror Story (2011-2015, 38 episódios); The Good Wife (2009-2015, 8 episódios)

Também esteve em: O Jovem Indiana Jones (1993, 1 episódio); Law & Order (1993-2003, 4 episódios); CSI (2007, 1 episódio); Law & Order: Criminal Intent (2008, 1 episódio); Brothers & Sisters (2007-2009, 12 episódios); CSI: Miami (2009-2010, 3 episódios); True Blood (2010-2013, 20 episódios); Law & Order: Special Victims Unit (2000-2013, 2 episódios); Rake (2014, 1 episódio); Banshee (2015, 1 episódio)

No cinema: Além dos já citados Milk e Clube de Compras Dallas, O’Hare ganhou destaque pelo trabalho na comédia romântica A Proposta e no thriller Conduta de Risco; esteve também em O Juiz, J. Edgar, Duplicidade, Quarentena e Jogos do Poder, entre outros.

Suburgatory-Season-2-Episode-5-The-Wishbone-3-550x366

Ana Gasteyer

O impulso para a fama dessa comediante (e cantora!) veio nos seis anos que ela passou no elenco do Saturday Night Live, entre 1996 e 2002. Desde então, ela construiu uma carreira sólida baseada em pequenos papéis em séries de TV, cômicas ou não, que ganharam e muito com a sua presença no elenco. Nossa memória mais bacana da Ana Gasteyer até hoje é como a boss ass bitch suburbana Sheila Shay de Suburgatory – série na qual, apesar de estar presente em quase todos os episódios, a atriz ainda era bastante coadjuvante. Os fãs das séries dramáticas devem lembrar-se dela como a juíza Patrice Lessner, que fazia os advogados adicionarem “in my opinion” a cada sentença proferida no tribunal em vários episódios de The Good Wife.

Vimos em: Suburgatory (2011-2014, 53 episódios); The Good Wife (2010-2014, 5 episódios); Girls (2015, 1 episódio)

Também esteve em: Seinfeld (1995, 1 episódio); Party of Five (1996, 1 episódio); Law & Order (1998, 1 episódio); Mad About You (1998, 1 episódio); 3rd Rock from the Sun (2000, 3 episódios); Frasier (2002, 1 episódio); Chuck (2010, 1 episódio); Curb Your Enthusiasm (2011, 2 episódios); The Mindy Project (2015, 1 episódio); The Goldbergs (2014-2015, 3 episódios)

No cinema: Você provavelmente se lembra dela como a mãe de Lindsay Lohan em Meninas Malvadas! Ela também exercitou seus dotes cômicos em Do Que as Mulheres Gostam, Esse é o Meu Garoto e, mais recentemente, em Segurança de Shopping 2.

Jeremy-Davies-02

Jeremy Davies

É verdade que Davies só se voltou para as participações televisivas depois do sucesso como Daniel Faraday em Lost, papel que interpretou em três das seis temporadas do maior fenômeno televisivo da década passada. Antes, esse californiano de 46 anos levava a carreira cinematográfica com segurança, desde a estreia em 1994 com A Mão do Desejo, celebrado primeiro filme de David O. Russell, até participações em blockbusters como O Resgate do Soldado Ryan, Solaris e O Sobrevivente, além de papéis nos elogiados Dogville e Nell. De Lost para cá, no entanto, ele apareceu com personagens perturbados em Justified (que lhe garantiu um Emmy), Hannibal e Constantine, consolidando um começo de carreira brilhante para um character actor do futuro.

Vimos em: Lost (2008-2010, 33 episódios); Hannibal (2014, 2 episódios); Constantine (2014-2015, 2 episódios)

Também esteve em: Anos Incríveis (1992, 2 episódios), Melrose Place (1992, 1 episódio); Justified (2011-2015, 20 episódios)

No cinema: Como já adiantamos, Davies tem uma carreira cinematográfica relativamente extensa nos anos pré-Lost, mas e depois? A única aparição creditada do ator na tela grande desde 2007, por incrível que pareça, foi na dramédia adolescente Se Enlouquecer, Não se Apaixone (indicadíssima, inclusive).

american-horror-story-52

Mare Winningham

Dona de dois Emmys e outras cinco indicações, Mare Winningham não é só uma lenda viva da televisão americana, conhecida como a “rainha dos filmes para TV” nos anos 80/90, como é também a única indicada ao Oscar da nossa lista. Ela recebeu a honra em 1996, pela atuação como uma cantora de country em Georgia – nós apostamos que o fato de Winningham ser uma cantora country de verdade, com quatro álbuns lançados, ajudou. Das inúmeras participações da moça em série de TV, tanto antigas quanto da atualidade, vale destacar os dois papéis que desempenhou em American Horror Story: em Coven, ela fez a mãe do personagem de Evan Peters, que abusava sexualmente do filho; e em Freak Show ela entregou uma atuação destruidora como a irmã traiçoeira da pobre Pepper.

Vimos em: Torchwood (2011, 3 episódios); Under the Dome (2013, 2 episódios); American Horror Story (2013-2014, 2 episódios)

Também esteve em: Starsky and Hutch (1979, 1 episódio); Os Pássaros Feridos (1983, 2 episódios); Além da Imaginação (1986, 1 episóio); Mad About You (1997-1998, 2 episódios); Plantão Médico (1998-1999, 4 episódios); A Sete Palmos (2002, 1 episódio); Law & Order: Special Victims Unit (2003, 1 episódio); Grey’s Anatomy (2006-2007, 6 episódios); Boston Legal (2007, 2 episódios); CSI: New York (2009, 1 episódio); Arquivo Morto (2010, 1 episódio); 24 Horas (2010, 2 episódios); Criminal Minds (2010, 1 episódio); Mildred Pierce (2011, 5 episódios); Hatfields & McCoys (2012, 3 episódios); Hawaii Five-0 (2013, 1 episódio); The Affair (2014, 10 episódios)

No cinema: Além do filme que lhe rendeu a indicação ao Oscar, Winningham esteve recentemente nos dramas Philomena e Entre Irmãos, coadjuvando para nomes como Judi Dench, Natalie Portman e Jake Gyllenhaal. A fantasia Espelho, Espelho Meu também contou com a ilustre presença da atriz.

tn-500_133641_3863_pre

Molly Shannon

Outra egressa do Saturday Night Live, onde ficou entre 1995 e 2001 (mais ou menos a mesma época da sua companheira de lista Ana Gasteyer), Molly Shannon é uma jogadora valiosa para qualquer série cômica que se preze. Foi indicada ao Emmy pela performance em Enlightened, e é conhecida do grande público também pelo papel em O Grinch (aquele mesmo, estrelado pelo Jim Carrey). Os tipos bem caricatos dos quais a atriz se aproxima podem não se prestar a um grande desenvolvimento de personagem, mas sempre funcionam como aquele elemento-surpresa do episódio, surpreendendo o espectador o tempo todo com as piadas. Foi esse tipo de performance que ela entregou em algumas das nossas comédias favoritas, como Raising Hope, Super Fun Night e Web Therapy.

Vimos em: 30 Rock (2007, 1 episódio); Web Therapy (2010, 3 episódios); Glee (2010, 2 episódios); Hannibal (2013, 1 episódio); Super Fun Night (2013, 1 episódio); Raising Hope (2013-2014, 2 episódios)

Também esteve em: Twin Peaks (1991, 1 episódio); Ellen (1994, 1 episódio); Seinfeld (1997, 1 episódio); Sex and the City (2002, 3 episódios); Will & Grace (1999-2004, 5 episódios); Scrubs (2004, 1 episódio); Pushing Daisies (2007, 1 episódio); The New Adventures of Old Christine (2009, 1 episódio); Up All Night (2011-2012, 2 episódios); Enlightened (2013, 4 episódios); The Middle (2011-2013, 2 episódios); Hannibal (2013, 1 episódio); Jessie (2013, 1 episódio); Getting On (2013, 3 episódios); The Spoils of Babylon (2014, 2 episódios); Benched (2014, 1 episódio); The Millers (2014-2015, 2 episódios); Mulaney (2015, 1 episódio)

No cinema: Além de O Grinch, Shannon participou de filmes cult como Felicidade, de Todd Solondz, Anti Herói-Americano, de Shari Berman & Robert Pulcini, e Maria Antonieta, de Sofia Coppola. No campo do cinema comercial, esteve em Professora Sem Classe, Todo Mundo em Pânico 4 e Máfia no Divã.

Aubrey_James_(Gotham)

Richard Kind

Apesar de ter conseguido vários papeis de destaque moderado no cinema desde a sua estreia, lá nos idos dos anos 1980, a casa de Richard Kind sempre foi na TV. Especialmente, é claro, depois do sucesso de seu personagem recorrente em Mad About You, que ele interpretou em 37 episódios da sitcom entre 1992 e 1999. O personagem rendeu a Kind a escalação para Spin City, uma das comédias mais bem-sucedidas (e, tristemente, mais esquecidas) dos anos 90, e a partir daí o flerte com a mídia televisiva se tornou definitivo. O meio cômico tem especial apreço por Kind, que de fato tem um timing incomparável, mas ele também apareceu bem em papeis sérios como em Law & Order: SVU, Luck e, mais recentemente, em Gotham, onde interpreta o prefeito da metrópole mais famosa das HQs.

Vimos em: Spin City (1996-2002, 145 episódios); The Good Wife (2013, 1 episódio); The Michael J. Fox Show (2014, 1 episódio); Glee (2014, 1 episódio); Gotham (2014, 6 episódios); Unbreakable Kimmy Schmidt (2015, 1 episódio)

Também esteve em: Mad About You (1992-1999, 37 episódios); Scrubs (2003-2004, 4 episódios), Stargate: Atlantis (2006, 2 episódios); Law & Order: Criminal Intent (2007, 1 episódio), Psych (2007, 1 episódio); Two and a Half Men (2007, 1 episódio); Curb Your Enthusiasm (2002-2009, 4 episódios); Leverage (2010, 2 episódios); Trauma (2010, 1 episódio); Burn Notice (2010, 3 episódios); Harry’s Law (2011, 1 episódio); Mr. Sunshine (2011, 2 episódios); Luck (2011-2012, 10 episódios); Law & Order: Special Victims Unit (2012, 1 episódio); Childrens Hospital (2013, 1 episódio); Drop Dead Diva (2013, 1 episódio); The Middle (2014, 1 episódio)

No cinema: Kind faz muitos trabalhos de dublagem, se destacando em filmes como Carros, Toy Story 3 e Selvagem. A presença física desse americano de New Jersey foi requisitada também pelos Irmãos Coen em Um Homem Sério, e por Ben Affleck em Argo.

photo-79820-big

Susan Misner

A atuação sensível de Susan Misner como a esposa do agente do FBI Stan Beeman em The Americans sempre nos impressionou, especialmente nas raras e tocantes aparições que a personagem fez nessa ainda não-finalizada terceira temporada da trama. Mais bacana ainda foi descobrir que Misner, outra natural de New Jersey, é presença constante em várias outras produções da televisão americana atualmente – inclusive algumas que assistimos, e na qual ela tinha passado relativamente despercebida, principalmente Person of Interest. Desde então começamos a prestar mais atenção quando o nome de Misner aparecia na tela, seja como a esposa de Michael J. Fox em The Good Wife, seja como uma psicóloga perturbada em Gotham – nossa conclusão: essa linda arrasa em todos os papéis que se propõe a interpretar.

Vimos em: Fringe (2008, 1 episódio); Person of Interest (2011-2012, 5 episódios); The Following (2013, 1 episódio); Gotham (2014, 1 episódio); The Good Wife (2011-2015, 3 episódios); The Americans (2013-2015, 36 episódios)

Também esteve em: Sex and the City (2001, 1 episódio); CSI (2002, 1 episódio); Law & Order: Special Victims Unit (2002, 1 episódio); CSI: Miami (2004, 1 episódio); Desaparecidos (2004-2005, 2 episódios); Law & Order (2006, 1 episódio); Rescue Me (2006-2007, 4 episódios); Gossip Girl (2007, 4 episódios); Life on Mars (2008, 1 episódio); Law & Order: Criminal Intent (2001-2009, 3 episódios); Royal Pains (2009, 1 episódio); White Collar (2009, 1 episódio); NCIS (2010, 1 episódio); In Therapy (2010, 2 episódios); Blue Bloods (2013, 1 episódio); Nashville (2013, 5 episódios); Banshee (2015, 1 episódio)

No cinema: Misner apareceu em um papel coadjuvante em Chicago, até hoje sua participação mais reconhecida no cinema, mas também esteve em Alguém Tem que Ceder, Os Esquecidos, O Vigarista do Ano, Duas Semanas e Gigantesco.

MarkMargolis

Mark Margolis

Mark Margolis é o ator mais veterano da nossa lista (76 anos), e também um dos mais versáteis. Apesar de aparecer primariamente em séries dramáticas, Margolis não se prende a um tipo de personagem e costuma abraçar com entusiasmo as personalidades diferentes de cada um. Bom exemplo são suas duas aparições mais recentes, em Gotham e Constantine, duas séries advindas dos quadrinhos da DC Comics – na primeira, ele interpretou um adivinho cego que se revela pai de um personagem importante para a mitologia do Batman, e sua personalidade cuidadosamente controlada contrasta com o charme kitsch e o exagero do mago Felix Faust de “Quid Pro Quo”, episódio de Constantine. Margolis foi indicado ao Emmy em 2012 pela atuação em Breaking Bad.

Vimos em: The Good Wife (2011, 1 episódio); Person of Interest (2011-2012, 3 episódios); American Horror Story (2012, 3 episódios); Constantine (2015, 1 episódio); Gotham (2015, 1 episódio)

Também esteve em: Kojak (1977, 1 episódio); Star Trek: The Next Generation (1990, 1 episódio); Law & Order (1992-2001, 3 episódios); O Desafio (2002, 1 episódio); Hack (2002, 4 episódios); Oz (1998-2003, 10 episódios); Sex and the City (2004, 1 episódio); Law & Order: Criminal Intent (2004, 1 episódio); Crossing Jordan (2005, 1 episódio); Californication (2007, 1 episódio); Blue Bloods (2011, 2 episódios); Mildred Pierce (2011, 2 episódios); Breaking Bad (2009-2011, 8 episódios); Law & Order: Special Victims Unit (2011, 1 episódio); Zero Hour (2013, 1 episódio); Elementary (2015, 1 episódio); 12 Monkeys (2015, 1 episódio)

No cinema: É um dos atores preferidos de Darren Aronofsky, aparecendo em Pi, Réquiem Para um Sonho, Fonte da Vida, O Lutador, Cisne Negro e até Noé, no qual dubla um dos gigantes de pedra. Margolis também trabalhou com Brian De Palma em Scarface e Ben Aflleck em Medo da Verdade.

"Beta" -- As Decima uses Samaritan’s feeds to hunt Reese and Shaw, Greer exploits Finch’s greatest weakness in an attempt to lure him out of hiding: his love for his former fiancée, Grace Hendricks, on PERSON OF INTEREST, Tuesday, April 29 (10:01-11:00 PM, ET/PT) on the CBS Television Network. Pictured: Carrie Preston Photo: John Paul Filo/CBS ©2014 CBS Broadcasting Inc. All Rights Reserved.

Carrie Preston

Preston forma um casal laureado de Emmys com o fenomenal Michael Emerson (Lost, Person of Interest), mas não fica atrás do esposo em termos de talento. Versátil, expressiva e visualmente marcante com seus cabelos quase sempre intensamente vermelhos, Preston levou seu Emmy para casa só em 2013, pela atuação em The Good Wife, em um papel que foi ganhando espaço e profundidade conforme as temporadas e participações especiais iam passando. Ela também ficou conhecida pelo trabalho em True Blood, até agora seu único trabalho como personagem regular na televisão – fica a torcida para que o talento de Preston logo a traga as mesmas oportunidades que o mundo da TV trouxe para o marido, e que o casal se torne ainda mais poderoso do que já é.

Vimos em: Spin City (1999, 1 episódio); Numb3rs (2005, 1 episódio); Arrested Development (2006, 1 episódio); Lost (2007, 1 episódio); The Following (2014, 3 episódios); Person of Interest (2012-2014, 6 episódios); The Good Wife (2010-2014, 13 episódios)

Também esteve em: Sex and the City (1999, 1 episódio); Wonderfalls (2004, 1 episódio); Law & Order: Criminal Intent (2003-2006, 3 episódios); Desperate Housewives (2007, 1 episódio); Private Practice (2009, 1 episódio); Law & Order: Special Victims Unit (2011, 1 episódio); Royal Pains (2012, 1 episódio); True Blood (2008-2014, 80 episódios); Getting On (2014, 1 episódio)

No cinema: Preston apareceu em O Casamento do Meu Melhor Amigo com Julia Roberts e Cameron Diaz, e também atuou em Código Para o Inferno, Lendas da Vida, Mulheres Perfeitas, Transamérica, Vicky Cristina Barcelona, Dúvida e Duplicidade.

0 comentários: